Home > Dinâmicas de Integração > A força da família

A força da família

Passos

Distribuir a todos os participantes pedaços de cordão, com cerca de 80 cm de comprimento cada.

  1. Pedir que todos partam o cordão que receberam em dois pedaços. (Provavelmente todos vão conseguir); 
  2. Pedir que todos juntem os dois pedaços, formando um cordão mais forte, e tentem parti-los ao meio, transformando o cordão original[bb] em quatro pedaços. (Aqueles que não conseguirem devem ser ajudados pelos vizinhos);
  3. Pedir que todos juntem os quatro pedaços, formando um cordão ainda mais forte, na verdade quatro vezes mais forte que o original. Pedir que todos partam este novo cordão (Formado pelos quatro cordões juntos) no meio. Provavelmente ninguém vai conseguir, pois o cordão, alem de estar quatro vezes mais forte estará com apenas 20 cm o que dificulta a ação.

Conclusão

  • Perguntar aos participantes a que conclusão chegaram após esta experiência.

O Casal Coordenador enfim conclui:

  1. O Cordão original representa um membro da família sozinho. É fraco e pode ser rompido com facilidade. é vulnerável e sujeito a desviar-se do bom caminho.
  2. O Cordão duplo representa dois membros da família juntos. Já são mais fortes. Um protege e ampara o outro. Mas… ainda podem ser partidos. Não representam uma família.
  3. O Cordão quádruplo representa a família constituída de PAI, MÃE e FILHOS. Esta sim, é forte. todos se amparam, protegem. Os mais velhos (os pais) instruem e educam os filhos. Todos tem maiores chances de serem felizes e prósperos, vencedores na vida.

3 thoughts on “A força da família

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *